segunda-feira, 23 de maio de 2011
Esta frase me chamou atenção ao ler uma reportagem sobre a reputação na internet publicado pela Revista Exame - Atenção, você está sendo "googlado". Qualquer pessoa com conexão à internet pode ter acesso a informações básicas sobre outra em uma simples busca no Google. Inclusive o atual chefe e um futuro empregador.
Monitorar a imagem e ter certos cuidados antes de se expor nas redes sociais e sites, mas isto não é uma tarefa impossível. Os cuidados e necessidade de etiqueta pessoal e profissional ocorrem em qualquer contexto, seja em um currículo, entrevista e fica mais evidente na internet, por isso precisa de um cuidado especial.
Ai vai algumas dicas:
1. Pesquise o seu nome no Google
Observe o que as outras pessoas podem descobrir sobre você e veja se há textos e fotos comprometedores ou indesejáveis a seu respeito. Muita gente com blog pessoal e sites de fotos como Flickr ou Fotolog pode se esquecer de postagens antigas e até com opiniões que já não perduram, mas que podem comprometer na busca por um emprego.
Altere as configurações de privacidade das redes sociais que aparecem nos resultados ou delete o conteúdo indesejado. Se o resultado não puder ser removido, pode ser necessário buscar ajuda especializada.
2. Não adianta se esconder
Quem prefere não ter conta em redes sociais ou se esconder atrás de apelidos corre um outro risco: perder oportunidades. Não se expor deixa o profissional sem visibilidade diante da busca de um recrutador. Não estar na rede hoje pode ser grave e significar desatualização, principalmente para algumas carreiras. Redes sociais como LinkedIn e o Facebook, se usadas corretamente, podem ser vitrines do seu trabalho.
3. O que um recrutador pode procurar?
Em um processo de seleção, o recrutador busca os profissionais na internet antes de decidir se a entrevista de emprego será oferecida porque tem de antemão, dados sobre o perfil da pessoa, que poderá ser o desejado pela empresa ou não.
Opiniões polêmicas, fotos comprometedoras ou falta de credibilidade podem afetar o julgamento do profissional, mas um recrutador espera sempre encontrar pontos favoráveis sobre o candidato.
4. Qual imagem virtual agrada empregadores?
Informações sobre envolvimento em atividades e pessoas relacionadas à função exercida pelo profissional contam a favor. É importante que o profissional seja verdadeiro e ativo nas redes sociais, mostrando uma imagem que condiz com o histórico profissional.
5. Como melhorar a reputação online?
Publique boas informações a seu respeito na internet. Quem possui contas de blogs, Twitter, Facebook e LinkedIn, entre os principais, pode usar a atividade online a seu favor. Poste opiniões e textos que condizem com a sua profissão e use uma linguagem adequada.
http://www.clickmag.com.br/

domingo, 1 de maio de 2011
“Conhecer pessoas e deixar que os outros o conheçam dá início ao ciclo que impulsiona o processo de networking”

Pesquisas indicam que 50% a 70% das pessoas acharam seu último emprego ou fizeram negócios através de networking. E afinal o que é isso? E o que tem a ver comigo, com você?
Networking é conhecer e ser conhecido por pessoas que possam ajudar no desenvolvimento da sua carreira ou negócio, é proporcionar relações vantajosas. Calma, não quer dizer que você vai conhecer uma pessoa só para tirar vantagens, mas sim ajudar para ser ajudado. Quem faz o networking da forma adequada dá mais do que recebe.
Dicas para desenvolver seu networking
1. Primeira Impressão: como diz o velho ditado, a primeira impressão é sempre a que fica. Então o estilo, a forma de se apresentar, de falar, tudo precisa trabalhar a seu favor e fazer um composto harmônico.
2. Não comece falando em trabalho: primeiro encontre algo em comum, colete informações.
3. Dê para receber: networking é uma via de duas mãos, nada é de graça e tudo tem seu preço. Faça primeiro.
4. Freqüente eventos, cursos, palestras: você pode aumentar bastante sua rede de contatos.
5. Manter os contatos: não se deve lembrar dos contatos apenas quando se precisa de um favor.
6. Persistência e consistência são os segredos: não faça nada apenas uma vez e depois espere sentado.
7. Divirta-se fazendo isso: se levar muito a sério será um chato que não se desliga do trabalho.
8. Saiba escutar, não fale demais nem por muito tempo. Se houver pessoas por perto, inclua-as nas conversas. Ao se afastar procure dizer: “Foi um prazer conversar com vocês”.
O IMPORTANTE NÃO SE TRATA DE QUEM VOCÊ CONHECE
E SIM DE QUEM CONHECE VOCÊ
Jeffrey Gitomer
Especilaista em Marketing e Vendas

Perfil

Minha foto
Natasha Bacchi
Especialista em Marketing Pessoal, CRM (Gestão do relacionamento com o cliente), excelência em atendimento e vendas.
Visualizar meu perfil completo

Compartilhe

Seguidores