quinta-feira, 27 de janeiro de 2011
Adorei esta mensagem que recebi por email, sobre ser chic escrita por Glória Kalil

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos dias de hoje.
A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro Italiano.
O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem,mas a forma como ela se comporta perante a vida.
Chique mesmo é quem fala baixo.
Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
Chique mesmo é parar na faixa de pedestre É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador.
É lembrar do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais!
Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor.
É "desligar o radar" quando estiverem sentados à mesa do restaurante, e prestar verdadeira atenção a sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona
e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!
Mas para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos retornar ao mesmo lugar, na mesma forma de energia.
Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não te faça bem.
Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!
Porque, no final das contas, chique mesmo é ser feliz!
Investir em conhecimento pode nos tornar sábios...
mas amor e fé nos tornam humanos!

Um abraço a todos
Natasha Bacchi - Especialista em Marketing Pessoal e Networking
quarta-feira, 19 de janeiro de 2011
Networking é a arte de construir e manter relacionamentos vantajosos. Todo mundo tem uma boa razão para participar - networking se faz em casa, no trabalho, na comunidade, em toda parte.

Esta semana postarei várias dicas de como desenvolver seu networking. A idéia é mostrar que o networking proporciona relações vantajosas, mas não se preocupe de estar fazendo o "mal" ou "abusando" da outra pessoa, networking é um "toma lá da cá", é ajudar e ser ajudado, é ter expectativas em relação aos outros e lidar com as expectativas que eles tem de você.

Dica de hoje: faça uma lista dos seus contatos de modo estabelecer prioridades e criar um método de trabalho que leve a um aumento da rede de relacionamentos.

E lembre-se esteja sempre disponível primeiro, tome a iniciativa. Quer um exemplo? Faça um comentário em blogs de amigos ou outro que você gosta, curta, divulgue. Mas comece agora

Até Mais
 
Natasha Bacchi - Especialista em Marketing Pessoal e Networking - natasha@alcancemarketing.com.br - 43 9101-7002
segunda-feira, 17 de janeiro de 2011
O grande objetivo é diferenciar sua marca em meio a tantos profissionais do seu segmento, tentando gravá-la de forma relevante na mente das pessoas.

Você precisa encontrar um FOCO para a sua marca e, a partir dele, direcionar seus esforços de construção. Estreitando este foco, você se transforma em um ESPECIALISTA do segmento. Concentrando-se você da maior relevância e a sua marca ganha VALOR.

É impossível ser tudo para todos, cada vez mais as pessoas procuram especialistas, independente do setor. Desta forma se sentem mais seguros, pois acham que o profissional se dedica somente aquilo. Se mantiver este raciocínio temos o desafio de nos tornar especialistas em determinado “setor” dentro do próprio segmento que atua.

Pense nisso. A probabilidade de ter SUCESSO é maior quando tratamos com um profissional que entende tudo da área. Então nos sentimos mais seguros e pagamos mais caro por isso.

FOCO - a diferença do VALOR na marca pessoal.
Natasha Bacchi – Especialista em Marketing Pessoal e Networking - natasha@alcancemarketing.com.br – (43) 9101-7002
Você já perdeu noites de sono porque precisava apresentar um projeto, um trabalho? Já teve a sensação de total incompetência pela falta de coragem para conhecer pessoas em um evento?Ter aquele “friozinho na barriga” toda vez que precisa se expor?

Se você já passou por algumas destas situações sabe qual é a sensação de perder oportunidades em função da timidez e o quanto isso prejudica seu desempenho profissional. Isso sem falar nos danos da vida pessoal como dificuldades de fazer amigos e a falta de coragem para falar ou fazer o que tem vontade.

O primeiro ponto importante para vencer a timidez é aceitar a si e para as pessoas ao seu redor que você é tímido, isso já é uma grande ousadia. Num segundo passo você precisa se conhecer melhor. Comece pensando em situações que o fazem se sentir tímido e por quê. Você vai observar que na maioria dos casos a timidez acontece em função do medo em cometer erros ao se expressar e fracassar. E para se sentir mais preparado para aproveitar as oportunidades, comece a treinar o que fazer nestas situações.

Treine para aproveitar as chances (quadro grande)
1. Comece com pequenas ações: Vá a lugares onde tenha oportunidade de interagir com pessoas, cursos e eventos, por exemplo. Comece sorrindo e cumprimente as pessoas, faça um elogio inesperado ou ofereça ajuda. Acostume-se a conversar com os outros.

2. Desenvolva sua habilidade de conversação: Mantenha-se informado, leia jornais, revistas, acompanhe os meios de comunicação. Quando for interagir pergunte a opinião das pessoas.

3. Ensaie o que você vai falar: Se precisa se apresentar pra alguém, para um novo cliente, por exemplo, treine o que vai falar, uma forma de se apresentar, isso lhe trará segurança.

4. Confie mais em você: coloque uma vez por todas na sua cabeça que você é capaz. Pense em coisas boas a seu respeito, cobre menos de você, as pessoas tímidas costumam exagerar nas críticas sobre si mesmas. O importante é que você não desista por causa de um “não”.

“Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia...Pois o triunfo pertence a quem se atreve.” Charlie Chaplin

Natasha Bacchi - Especialista em Marketing Pessoal, CRM e Vendas - natasha@alcancemarketing.com.br


Perfil

Minha foto
Natasha Bacchi
Especialista em Marketing Pessoal, CRM (Gestão do relacionamento com o cliente), excelência em atendimento e vendas.
Visualizar meu perfil completo

Compartilhe

Seguidores